Hermanos Rodríguez

HERMANOS_RODRÍGUEZOs irmãos Rodríguez correram na F1 entre os anos 60 e 70 e infelizmente tiveram o mesmo destino: a morte nas pistas. Ricardo, o irmão mais novo e considerado um campeão em potencial, estreou pela Ferrari no GP de Monza em 1961 e surpreendeu a todos, com apenas 19 anos, a marcar o 2º lugar no grid de largada. Abandonou a corrida por problema mecânico, mas garantiu a vaga na Ferrari para 1962. Para dar quilometragem ao mexicano, a Ferrari o inscreveu com um carro da Rob Walker (modelo Lotus 24) para o GP do México de 1962, mas logo no primeiro treino o carro sofreu uma falha de suspensão na rápida curva Peraltada. O piloto nada pode fazer e o choque foi fatal.

Pedro Rodriguez, o irmão mais velho, correu por 4 equipes na F1 (Lotus, Ferrari Cooper e BRM), conseguindo 2 vítórias entre 1963 e 1971 (GP da África do Sul 67, com Cooper e GP da Bélgica 70 com BRM). Pedro falaceu em 1971, durante uma corrida de longa duração em Norisring (Alemanha) a borda de uma Ferrari 512LM.

O autódromo do México na F1 leva o nome deles como homenagem: Hermanos Rodríguez. Merecidamente.

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>